Vem aí a III Assembleia Geral das AMAP / CSA!

A REGENERAR
~ REDE PORTUGUESA DE AGROECOLOGIA SOLIDÁRIA ~
CONVOCA:
III ASSEMBLEIA GERAL DAS AMAP / CSA
Dom. 13 de Dezembro | 10:00-13:00 
~ ONLINE ~
Precedida de reunião de comunicação
Sáb. 12 de Dezembro | 10:00-13:00
Inscrições: https://forms.gle/sF4X6WLyWqmv9SLQ9

Pelo terceiro ano consecutivo desde que se formou a REGENERAR – Rede Portuguesa de Agroecologia Solidária, volta a celebrar-se a Assembleia Geral que reúne anualmente grupos de consumo e produção agroecológica de norte a sul do país.

No fim de semana de 12 e 13 de Dezembro, produtores, agricultoras, consumidores, co-produtoras e todas as pessoas interessadas na agricultura apoiada pelas comunidades – em especial todas aquelas que participam nas AMAP / CSA – estão convidadas a juntar-se a este momento de convergência, partilha e reflexão em Rede.

Depois do encontro aberto que teve lugar no final de Outubro, no qual estivemos a trabalhar algumas propostas a serem levadas à assembleia, o plano de trabalhos agora divide-se em dois momentos distintos, ambos online:

  • A Assembleia Geral está marcada para domingo de manhã (13/12). Vamos fazer um ponto de situação das AMAP / CSA, apresentar um balanço da Rede no último ano e propostas de actividades para o próximo ano. Será também o momento para a integração de novos membrosaceita-se propostas!
  • No sábado de manhã, haverá uma sessão de trabalho dedicada à comunicação da rede para que possamos avançar na articulação deste movimento que está a REGENERAR ecossistemas e laços sociais através de práticas agrícolas de proximidade.

Todos os membros das AMAP/CSA são convidados a participar nas sessões de trabalho e discussão. Também é possível participar como “observadoras”, só pedimos que se inscrevam através deste formulário.

Encorajamos a participação de outros grupos de consumo e produção agroecológica que ainda não fazem parte da rede, já que este será o momento para a integração de novos membros! Inscrevam-se e entrem em contacto connosco para o endereço de email rederegenerar arroba gmail ponto com.

Encontro das AMAPs/CSA · Rede Regenerar · 24-25 Out [online]

REGENERAR | REDE PORTUGUESA DE AGROECOLOGIA SOLIDÁRIA
Convocatória III Assembleia-Geral das AMAP/CSA
Encontro virtual das AMAP/CSA / sessões de trabalho
Datas: Sáb. 24 de Outubro | 09:30-13:30 [c/intervalos]
       Dom. 25 de Outubro | 09:30-13:30 [c/intervalos]
Local: ONLINE! 
       Quinta do Pinheiral, Castelo de Paiva [mapa]
Inscrições: https://forms.gle/SUCTQufZGxqYEgRz5

A pandemia impede-nos de realizar um encontro presencial como desejado, mas seguimos noutro formato.

Programa (em actualização)

Sábado, 24 de Outubro Domingo, 25 de Outubro
09:30-10:00_ Boas vindas & Apresentações

10:00-10:45_ Ponto de situação das AMAP/CSA

11:00-13:30_ HORTAS
Voluntariado fértil, partilha de saberes entre agricultores
[com intervalo]

09:30-09:45_ Bons dias

09:45-12:00_ COMUNICAÇÃO
Ferramentas, necessidades e boas práticas de comunicação. Desafio: Documentário
[com intervalo]

12:15-13:30_ Próximos passos, avaliação & FECHO

Para nos ajudar na logística da organização, por favor inscreva-se através deste formulário até ao dia 23 de Outubro.

Enquadramento

Desde 2018, com a formação da Rede Portuguesa de Agroecologia Solidária – Regenerar, as AMAP/CSA do Norte e Sul do país encontram-se anualmente num momento de convergência para “pôr em comum” o trabalho da rede, reflectir sobre a evolução dos grupos de consumo e produção agroecológica, e também para olhar para o futuro, delinear estratégias e conviver.

Depois de Vila Nova de Gaia (2018) e Montemor-o-Novo (2019), este terceiro encontro – inicialmente marcado na Quinta do Pinheiral em Castelo de Paiva- vai ter lugar online, no zoom, nas manhãs de sábado e domingo.

No primeiro dia, vamos fazer um ponto de situação da rede das AMAP/CSA e debruçar-nos sobre necessidades sentidas no que toca a produção: como fortalecer as hortas? No segundo dia, domingo, haverá espaço para debater questões relacionadas com a comunicação, nomeadamente as boas práticas, as ferramentas em uso, e um documentário já em execução.

Todos os membros das AMAP/CSA são convidados a participar nas sessões de trabalho e discussão.  Também é possível participar como “observadoras”, só pedimos  que se inscrevam através deste link.

A equipa dinamizadora,

Filipa Almeida
Olivia Silva, AMAP Porto & AMAP Famalicão
Paula Serrano, AMAP Maravilha / Palmela
Rita Magalhães, AMAP Sado / Alvalade
Samuel Thirion, AMAP Sado / Alvalade
Sara Moreira, AMAP Porto

ISTO NÃO É UM CABAZ: Comunicado REGENERAR vs. COVID-19

ISTO NÃO É UM CABAZ: é um bem-comum, é resiliência, é proximidade em estado de emergência.

DO ESTADO DE EMERGÊNCIA AO CULTIVO DA RESILIÊNCIA: Pela propagação das Comunidades que Sustentam a Agricultura

Dado o momento de crise que estamos a viver, nós, membros da Rede Portuguesa de Agroecologia Solidária, co-produtoras das Associações para a Manutenção da Agricultura de Proximidade (AMAP) e das Comunidades que Sustentam a Agricultura (CSA), partilhamos algumas inquietações sobre os tempos que correm e suas implicações na soberania alimentar.

1. O ALIMENTO É UM BEM-COMUM – NÃO É UMA MERCADORIA

Na actual situação de crise que vivemos, temos notado uma corrida aos cabazes como se fosse papel higiénico. Por melhor negócio que possa parecer, isto não alivia a nossa ansiedade em relação ao presente e futuro que vem. Partilhamos da angústia sentida por muitos pela possibilidade de vir a faltar comida, e compreendemos o medo de frequentar os locais de consumo de massas, bem como a conveniência de poder receber em casa alimentos, enquanto confinados à espera que a pandemia passe.

No entanto, imunes ao vírus, as hortaliças continuam a crescer.
Para podermos concentrar-nos nos cuidados (agora redobrados) que a terra exige, não podemos viver atarantados com a gestão de solicitações desenfreadas. Precisamos de planeamento, de proximidade, de compromisso e de empatia. Nas AMAP/CSA, foi sempre esta a ética que nos guiou para cumprirmos o dever que sentimos de providenciar alimentos de qualidade. Por isso não distinguimos entre consumidores e produtores: somos todos co-produtores. E para nós é isto que está na base da soberania alimentar.

2. EMERGÊNCIA RIMA COM RESILIÊNCIA

A crise do vírus corona tem posto a descoberto aquilo que já muitos de nós sabíamos: o actual sistema económico não é sustentável, e isso fica patente quando nos vemos obrigados a pensar como funciona o fornecimento agro-alimentar. No cerne da resiliência está a capacidade de um sistema continuar a funcionar quando enfrenta uma falha. Na realidade de muitos agricultores – que dependem do grande retalho e de circuitos longos de distribuição – a quebra nas encomendas, por causa desta crise, pode levar a situações trágicas no escoamento, e consequentemente no acesso ao pão que (n)os alimenta. Com a proibição das feiras e mercados, e com os limites à circulação, há que reinventar todo o circuito de distribuição de forma a torná-lo mais local, mais próximo e resiliente.

Nas AMAP/CSA, co-criamos sistemas agroalimentares solidários baseados na relação directa entre grupos de consumidores e produtores. Mais do que relações de um-para-um, procuramos fazê-lo coletivamente, reconhecendo o ecossistema como um todo (incluindo quem produz, quem consome e a natureza que nos brinda), e assumindo os riscos e as responsabilidades do imprevisível que acontece.

3. CULTIVAR A PROXIMIDADE EM TEMPOS DE DISTANCIAMENTO SOCIAL

Tanto em tempos de crise como de não-crise, as AMAP/CSA procuram criar outro tipo de relação entre as pessoas e aquilo que as alimenta. Não são só uma forma de “ajudar os agricultores”, embora lhes aliviem o peso dos ombros quanto à responsabilidade que é cuidar da terra. Não reivindicam para si a autoria de uma receita para o sucesso nem são um franchising – mas abrem processos. É nesses processos longos, continuados, de convergência de pessoas comuns comprometidas, que a agricultura de proximidade pode afirmar-se em termos de soberania alimentar.

Lançamos assim um apelo à solidariedade de toda a gente que come com toda a gente que produz alimentos de forma justa, próxima, sustentável e regeneradora dos ecossistemas. Envolvam-se e comprometam-se na co-produção que nos alimenta. Só assim ficaremos imunes a esta e outras crises que possam vir.

Pelos membros da equipa da Rede REGENERAR, em representação de

AMAP Famalicão (chuchubio.ab@gmail.com)
AMAP Gaia (amapgaia@gmail.com)
AMAP Guimarães (silvaresquinta@gmail.com)
AMAP Maravilha / Palmela ( quintamaravilha077@gmail.com )
AMAP Sado e Alvalade / Santiago do Cacém (mimo@ecobytes.net)
AMAP UPTEC / Porto (amapportopinc@gmail.com)
CSA Partilhar as Colheitas / Herdade do Freixo-do-Meio, Montemor-o-Novo (csafreixodomeio@gmail.com)

Mais informação: Carta de princípios das AMAP/CSA

ISTO NÃO É UM CABAZ: é um bem-comum, é resiliência, é proximidade em estado de emergência.
ISTO NÃO É UM CABAZ: é um bem-comum, é resiliência, é proximidade em estado de emergência.  Partilha este comunicado nas tuas redes juntamente com uma foto do teu cabaz. #REGENERAR vs. #COVID19PT #SoberaniaAlimentar #AMAP #CSA

Assembleia-Geral das AMAP/CSA – 19 Out | Montemor-o-Novo

REGENERAR | REDE PORTUGUESA DE AGROECOLOGIA SOLIDÁRIA
Convocatória: Assembleia-Geral das AMAP/CSA
Data: Sábado, 19 de Outubro de 2019
Hora: das 10:30 às 16:30 (inclui pic-nic partilhado!)
Local: Herdade do Freixo do Meio, 
Foros de Vale de Figueira (Montemor-o-Novo)

A Rede nacional das AMAP/CSA já tem um nome, grupos de trabalho definidos pela equipa dinamizadora, um plano de actividades em progresso, mas ainda temos muitos desafios e decisões para tomar em conjunto!

Quase após um ano do último encontro, convidamos todos os agricultores, produtores, co-produtores e defensores da agroecologia e membros das Comunidades que Sustentam a Agricultura e das Associações pela Manutenção da Agricultura de Proximidade, existentes ou em formação, de norte a sul do país, a participarem na Assembleia Geral agendada para o dia 19 de Outubro de 2019 (sábado) na Herdade do Freixo do Meio em Montemor-o-Novo, com a seguinte ordem de trabalhos:

10:30 Recepção e acolhimento
11:00 Início da Assembleia – boas vindas e breve ronda de apresentações
11:15 Ponto de situação da Equipa Dinamizadora
(plano de actividades, grupos de trabalho, participação em eventos)
12:30 Apresentação de novos membros
13:00 Pic-nic partilhado
14:30 Propostas e debate
– aprovação dos estatutos e regulamento (envia-se em anexo para análise)
– reestruturação da equipa dinamizadora
– logotipo da REGENERAR
– propostas para 2020
16:30 Conclusões e fecho

Participa e ajuda-nos a construir um modelo de consumo e de produção alimentar agroecológico, justo e solidário em defesa do alimento como Bem Comum!

Em anexo poderão encontrar a proposta de regulamento e estatutos, para aprovação na assembleia. Apelamos ainda ao envio de propostas de esboços para o logo da REGENERAR, a ser discutido na assembleia.

Abraço!

A equipa dinamizadora

 

Divulgação: Vamos iniciar uma AMAP? Iniciativa do Monte Mimo, Alvalade do Sado

O Monte Mimo convida a um encontro no dia 25 de Abril para sonhar e concretizar juntos uma AMAP, com o anfitrião motivado para ser o produtor de hortícolas. O Monte Mimo está disponível para ser produtor de hortícolas numa AMAP em parceria com outras pessoas – produtores e co-produtores (consumidores que partilham responsabilidades). Para concretizar esta AMAP precisamos em conjunto articular a forma de nos organizarmos e agirmos.

Convidamos, no dia 25 de Abril a virem ao Monte Mimo:

 09h30 Boas Vindas
10h00  Visita à horta
10h30 Conversa com o foco
– Como nos organizamos e agimos nesta AMAP?
13h00 Almoço Vegetariano com produtos do Monte Mimo
14h30 Um modo diferente de entregar cabazes
– como feito noutros grupos: AMAP.
15h30 Observações e melhoramentos
– modos de organizar e agir nesta AMAP.
17h00 Chá e fecho

Propomos já no dia 25 de Abril termos também a experiência de entrega de cabazes com produtos do Monte Mimo. Valor e peso: 10 euros/5 kg. Se queres fazer parte desta 1ª experiência reserva o teu cabaz até dia 23 de Abril via e-mail: mimo@ecobytes.net.

Neste dia vamos contar com o apoio da Maria Rute – Orla Design – para a facilitação das conversas. https://www.orladesign.org

O Convite é aberto a todas as pessoas interessadas na articulação e/ou curiosas sobre esta AMAP e pessoas com vontade de se inspirarem… o almoço vegetariano será por donativo.

No passado dia 11 de Abril, em Relíquias – no espaço A Onda, pessoas encontraram-se e concordaram que a ACÇÃO DE PRODUÇÃO E CONSUMO DE BENS ALIMENTARES LOCAL PODE BENEFICIAR TODA A COMUNIDADE!

Apresentámos Modelos de apoio mútuo entre a produção e consumo, de bens alimentares como: AMAP, CSA, Genuíno Clandestino. Escutámos uma produtora com 3 anos de experiência neste tipo de modelos de proximidade. Conversámos e percebemos o que existe entre nós – produtores, consumidores e observadores … e bom, bom, era surgirem AMAPs como cogumelos, aqui e ali ….

Para ouvir na Rádio Rio o programa “Agricultura de proximidade e criação de AMAP”, gravado e editado pela Tamara:
https://www.radiointernacionalodemira.com/cafe-sudoeste

Agradecidos pelo vosso apoio!!!
Um abraço mimoso…
Rita e Sérgio

Sem esquecer que o propósito desta criação de AMAP é a Soberania Alimentar aqui e em todo o lugar… hoje dia 17 de Abril é celebrado o Dia Internacional das Lutas Camponesas!

Ajuda-nos a criar a Identidade Visual da REGENERAR!

A todos os produtores e co-produtores AMAP/CSA,

Se…

…és um produtor / co-produtor activo

…tens criatividade e gosto em co-criar

…defendes a alimentação biológica local

…assim, como redes de consumo solidárias e agroecológicas…

E…

… queres ajudar a dinamizar o modelo AMAP e CSA por todo o país..

… e fazer parte da mudança..

Este concurso de ideias é para ti!

Participa na criação da Identidade Visual da “REGENERAR”, a primeira Rede Portuguesa de Agroecologia Solidária.

Constituída em dezembro de 2018 por sete grupos de agricultura de proximidade, esta organização informal representa agricultores e co-produtores unidos com o mesmo compromisso ético de desenvolvimento justo e sustentável. Um dos objectivos é organizar e disseminar o modelo agrícola de consumo cooperativo e solidário em Portugal.

Faz parte da mudança 🙂

Consulta as INFORMAÇÕES E REGRAS DO APELO aqui. 
O prazo de entrega das propostas termina às 23:59
do dia 30 de Abril de 2019.

Habemus rede! Acta da Assembleia Constituinte da rede de AMAPs/CSA

Caros produtores, consumidores, co-produtores e apoiantes das AMAP/CSA,

Já passou mais de um mês da histórica Assembleia Constituinte da rede que pretende unir grupos de consumo e produção agroecológica em Portugal. Vimos então partilhar algumas novidades com todas as pessoas que participaram.

Antes de mais, dizer que já reunimos e vamos avançando nas tarefas que nos foram atribuídas, nomeadamente na definição de um nome para a rede que se quer dedicar à difusão de práticas e conceitos das AMAP/CSA em Portugal. O assunto foi longamente debatido por email e finalmente levado a votos com uma série de possibilidades, das quais a que reuniu mais apoios foi:

REGENERAR – Rede Portuguesa de Agroecologia Solidária

Mas ainda antes disso, o primeiro passo que demos foi mesmo aprovar a Acta da Assembleia Constituinte que pode ser consultada neste link, ou se preferirem em formato podcast no blog d’O SOM É A ENXADA, que tem acompanhado as AMAP desde o I Encontro Nacional em 2015.

Um dos grandes passos dados na Assembleia foi a aprovação da Carta de Princípios, que podem consultar no nosso website e também ouvir desde já em formato podcast aqui. Divulguem!

Saiu também um artigo no Jornal Mapa sobre o lançamento da rede.

Seguimos revolucionando o paradigma do consumo e produção agroecológica em Portugal!

A equipa dinamizadora,

Liliana Pinto
(AMAP Gaia e Porto),
Marília Moura
(CSA Partilhar as Colheitas, Montemor-o-Novo)
Olívia Silva
(AMAP Famalicão e Porto)
Samuel Thirion
(Cabaz da Horta, Odemira)
Sandra Martins
(AMAP Matosinhos)
Sara Moreira
(AMAP Porto)
Susana Gouveia
(AMAP Guimarães, Gaia e Matosinhos)

Convocatória: Assembleia Geral | 15 DEZ | Mafamood, Gaia

ASSEMBLEIA GERAL DAS AMAP
Sábado, 15 de Dezembro de 2018 das 15:00 às 19:00
— no espaço Mafamood, em Gaia

Almoço partilhado das 12:00 às 15:00
[3 euros de contribuição para o espaço que nos acolhe]

Convidamos todos os agricultores, consumidores, produtores, co-produtores e entusiastas das Associações pela Manutenção da Agricultura de Proximidade a participarem na Assembleia Geral agendada para o próximo dia 15 de Dezembro de 2018 (sábado) pelas 15 horas no espaço Mafamood, sito na Rua do Telhado, 265 — Vila Nova de Gaia.

Da ordem de trabalhos (que partilharemos em breve com maior detalhe), constará um ponto de situação das AMAPs em Portugal e a apresentação de propostas para 2019, incluindo o lançamento da Rede das AMAP.

A Assembleia será precedida por um convívio e almoço partilhado, entre as 12:00 e as 15:00 no espaço Mafamood.

Já temos confirmada a presença de dinamizadores de AMAPs de vários pontos do país. Contamos contigo também? 🙂