Falar e sonhar sobre a produção | consumo de bens alimentares no Alentejo – 11 de abril na Onda, às 18h

Partilhamos este convite à conversa sobre produção e consumo de bens alimentares que vai tomar lugar no dia 11 de abril no espaço Onda em Relíquias (Alentejo), às 18h.

A nossa acção na dinâmica produção – consumo de bens alimentares pode trazer benefícios a toda a comunidade?

Modelos de consumo | produção  há muitos….

O primeiro modelo de partilha de responsabilidade e abundância de produção alimentar – com parcerias entre produtores e consumidores – surgiu em 1960 no Japão e dá-se pelo nome de Tikei e desde então por muitos locais no mundo se têm vindo a desenvolver modelos de apoio mútuo, autónomos, guiados pelo bem comum, como alternativas ao modelo convencional da produção e distribuição de alimentos, guiado pelo interesse económico.

Em Portugal a primeira AMAP surgiu há 13 anos em Odemira, com o apoio da Coop TAIPA. EM Dezembro 2018 foi fundada a Rede REGENERAR que junta 7 iniciativas AMAP | CSA existentes em Portugal.

Vamos apresentar um pouco mais sobre o existe já como AMAP, CSA, Genuino Clandestino e o que os caracteriza como grupos autónomos de consumo com o propósito de criar circuitos curtos de comercialização e de responsabilidade compartida.

Estará presente uma produtora, que se envolveu no desenvolvimento de um modelo CSA na Alemanha, dará a conhecer a sua prática na parceria com os consumidores.

Estamos também a chamar para juntos conversarmos e nos inspirarmos com a ideia de que esta região tem condições para criar modelos onde toda a comunidade beneficia das nossas dinâmicas de produção | consumo neste caso com o foco em bens alimentares

Apresentações

Modelos de apoio mútuo e local entre produtores e consumidores: CSA; AMAP; Genuino Clandestino
Regenerar – Rede Portuguesa de Agroecologia Solidária

Conversa Aberta:
Nesta região podemos adaptar estes modelos à realidade existente?

O que existe pode ser já um inicio de alguma dinâmica de produção|consumo de escala local?

 Local: A Onda – Relíquias
11 de Abril 2019, às 18h

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *